Tag: blgodolau

Homem é assassinado em Lauro de Freitas

Resultado de imagem para violencia urbana
A polícia registrou um homicídio em Lauro de Freitas neste domingo (22/10). A vítima identificado como Leonardo Santos Moraes de 28 anos foi morto no bairro de Itinga, na Rua Crispiano L. Oliveira, Qda. 12, Lote 276 do  Loteamento  Jardim Tarumã, por volta das 18:00.
As investigações sobre o crime, sua autoria e motivação serão conduzidas pela 27 ª Delegacia Territorial (DT), localizada em Itinga.
Fonte: SSP/BA

 


     

Policiais recuperam Hilux utilizada em sequestro em Lauro de Freitas

Policiais civis da 11ª Delegacia Territorial recuperaram em Salvador dois veículos roubados. Um deles, uma Hilux, chegou a ser usada por bandidos em um sequestro durante assalto ao Lar Shop de Lauro de Freitas recentemente. A vítima só foi liberada na Avenida Paralela.

A picape, que estava sendo rastreada, foi localizada pelos agentes no Cabula VI após campana.

O outro veículo recuperado foi um gol tomado de assalto no estado de Sergipe. Os policiais encontraram o carro no bairro de Sussuarana.


     

Greve geral começa nesta quarta e tem vários dias de programação na Bahia

Nesta quarta-feira (15), trabalhadores e membros da Frente Brasil Popular, Povo Sem Medo e de Centrais Sindicais vão seguir a tendência de diversas cidades brasileiras e realizar uma greve geral na Bahia, com intensa programação em Salvador.
As entidades programaram greves e manifestações por toda a capital e interior em conjunto com diversas categorias, que vão desde o transporte até a construção pesada, passando pela educação.
O texto da PEC 287, encaminhado ao Congresso Nacional pelo governo Temer em dezembro do ano passado é considerado por lideranças sindicais como um “desmonte” de todo o sistema previdenciário no Brasil, com objetivo de acabar com diretos adquiridos dos trabalhadores brasileiros, informam os líderes dos movimentos.
Aposentadoria apenas aos 65 anos, extinção do direito a férias, décimo terceiro e descanso remunerado, além do direito ao valor integral do benefício apenas com contribuição acima de 49 anos são propostas que estão em curso na Câmara dos Deputados e foram uma das motivações para o movimento.
Diante do cenário político brasileiro, com diversas reformas em andamento, movimentos populares e entidades sindicais de todo o Brasil realizarão de forma simultânea, em todos os estados, nesta quarta-feira (15), protestos e ações de conscientização para alertar a sociedade sobre o que significa a reforma da Previdência para os trabalhadores brasileiros.
O dia nacional de luta terá participação da Central Única dos Trabalhadores da Bahia (CUTBahia) e outras centrais por toda a Bahia. Os movimentos dos trabalhadores da agricultura familiar e economia solidária, afetados com a reforma da Previdência, estão convocando a todos e todas para fecharem BR, BA e avenidas importantes de diversas cidades pela Bahia.
Segundo o Presidente a Central Única dos Trabalhadores da Bahia, Cedro Silva, a paralisação das atividades está sendo votada em assembleias em comum acordo com toda a classe. Diversas cidades do interior estão confirmando algum ato. Atos, passeadas, caminhadas, fechamento de BR e BA e atos públicos em repartições federais, estaduais e municipais estão previstos. Escolas de toda a Bahia não terão aula e atos em setores da saúde também estão previstos.
A expectativa é de dois grandes atos na capital baiana, com o envolvimento de diversos setores, nesta quarta-feira (15), com outras atividades em Salvador e no interior, na quinta (16), sexta (17) e na próxima segunda-feira (20).
Em Salvador, acontecerão duas grandes atividades: um protesto em frente ao Shopping da Bahia, às 7h, e uma caminhada, com concentração no Campo Grande, a partir das 15h, ambas nesta quarta. Diversas categorias de trabalhadores também devem aderir ao movimento, realizando paralisações, assembleias e outras atividades durante alguma parte do dia.
As centrais estão convocando todos os trabalhadores para participar das atividades. “Só a nossa mobilização será capaz de barrar a retirada de direitos. Precisamos ocupar as ruas e pressionar os deputados a votarem contra as propostas”, alertou Aurino Pedreira presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil na Bahia (CTB Bahia).
Em apoio à causa, trabalhadores em educação de todo o País entram em greve geral a partir desta quarta (15). A APLB- (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia) está atendendo a uma decisão tomada por maioria no 33º Congresso Nacional da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e convocando os trabalhadores em educação (redes estadual e municipal) a paralisar as atividades.
O Sindicato afirma que vem cumprindo rigorosamente as deliberações aprovadas em Congresso, tendo realizado assembleias na Rede Municipal de Salvador, demais redes municipais e nas 18 Regionais da Rede Estadual, cuja decisão em todas elas foi unânime estabelecendo greve geral de 15 a 24 de março.
Confira abaixo a agenda de atividades previstas:
Quarta-feira (15):
Às 7h – manifestação em frente ao Shopping da Bahia (com caravanas do interior).
Às 15h – caminhada saindo do Campo Grande em direção ao Comércio.
Quinta-feira (16):
Na capital:
Ações unificadas em diversos pontos da cidade com panfletagem, caminhada, bandeiraço.
Centro – 9h – Concentração em frente ao Fórum Rui Barbosa em direção a Praça da Piedade descendo a Estação da Lapa;
Brotas – 9h – Concentração na Cruz da Redenção em direção ao Colégio Góes Calmon;
Liberdade: 9h – Concentração em frente ao Colégio Duque de Caxias, seguindo em direção a Lapinha;
Cidade Baixa: 9h – Concentração no Largo dos Mares em direção ao Largo de Roma;
São Caetano: 9h – Concentração no Largo do Ar Geral em direção ao Colégio Estadual Pinto de Carvalho;
Cabula: 9 h – Concentração na UNEB em direção a Estrada das Barreiras;
Pirajá: 9h – Concentração no Largo de Pirajá em direção ao final de linha da Rua Velha
Cajazeiras: 9h – Concentração no Largo da Feirinha em direção a Pronaica;
Orla: 9h – Concentração na Escola Municipal Cidade de Jequié em direção ao final de linha do Engenho Velho da Federação;
Itapuã: 9h – Concentração em frente a Igreja de Itapuã em direção ao Bompreço;
Subúrbio I: 9h – Concentração no Luso em direção ao final de linha de Plataforma;
Subúrbio II: 9h- Concentração na segunda rotatória de Paripe em direção a Praça de Paripe.
No interior:
Bandeiraço e panfletagem nos pontos estratégicos da cidade.
Sexta-feira (17)
Das 9h às 17h: Seminário Estadual contra a PEC 287/2016 Reforma da Previdência. Local: Hotel Othon Palace, Ondina
Segunda-feira (20):
Ato Político Unificado capital e interior, seguido de caminhada pelo centro da cidade.