Categoria: Policial

Soldada Rondesp é 1ª a se tornar especialista em grandes confrontos

Alane Benedetto, 31 anos, 6 na PM
A expressão ‘sexo frágil’ não se encaixa no perfil da soldada Alana Benedetto, lotada na Companhia Independente de Policiamento Tático (Rondesp Atlântico). Educadora física, 31 anos e há seis na Polícia Militar, ela é a primeira policial militar da Bahia a se tornar especialista em Patrulhamento Tático Móvel (Patamo), subunidade do Batalhão de Polícia de Choque, criada para atuar em ações emergenciais nos bairros em situações de grandes confrontos.
 
Famoso pela rigidez nas provas, o Curso de Patrulhamento Tático Móvel (Cpatamo) formou, na última semana, a segunda turma, aprovando apenas 25 dos 49 inscritos. Alane, que alcançou a sexta colocação, conta ter sido esta a segunda tentativa para integrar o seleto grupo de oficiais e praças especialistas em Tático Móvel. “Não pude me inscrever na primeira, devido ao limite vagas, mas fui me preparando durante um ano, concentrando-me em atividades físicas mais pesadas, para ficar em condições de participar desta segunda turma”, ressaltou.
 
As marcas nas mãos mostram o tamanho do desafio enfrentado por ela para se tornar um dos destaques da turma e obter o segundo lugar na prova de montagem e desmontagem de armas. “Ultrapassei todas as etapas, como qualquer outro policial, suportei dor, cansaço, sono, mas não sofri sozinha, pois não há diferença de tratamento, todos vivenciam as mesmas dificuldades” explicou.
 
Ela diz que, a partir de agora, vai atuar com mais técnica nas ações que objetivam a diminuição dos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs). “Sinto-me preparada para encarar situações de grandes confrontos, mantendo a ideia de boa relação com a comunidade”. Alane, que também faz parte de projetos sociais, envolvendo crianças e adolescentes em áreas de vulnerabilidade social, com práticas esportivas, disse se inspirar na mãe e na avó. “São minhas guerreiras, meus espelhos de luta. Na solenidade de encerramento do Cpatamo, vi minha avó, emocionada, chorar pela primeira vez”, confessou.
 
Quem pensa que Alane Benedetto é só a soldada durona da Rondesp se surpreende com a sua vaidade. “Apesar do trabalho pesado, não me afasto da sensibilidade feminina nem da minha maquiagem”, afirmou. O comandante do Batalhão de Polícia de Choque e supervisor do Cpatamo, coronel Paulo José Guerra, ressalta que ela representou, com honra e louvor, o valor da mulher na Polícia Militar. “Não tinha ainda, na história da PM baiana, uma mulher com esse nível técnico”, assegurou, observando que seus novos conhecimentos serão aproveitados na Rondesp/Atlântico, unidade que atua com 99 policiais e é responsável por situações com maior complexidade.
 
Segundo o comandante da Rondesp/Atlântico, major Edmundo Assemany, Alane é única mulher atuando na área operacional. “Tê-la aqui é motivo de orgulho. Especializada em Patamo, ela vai nos ajudar no treinamento de outros integrantes da unidade”, esclareceu, lembrando que “todos os policias da Rondesp passam por curso de nivelamento e conhecimento para atenderem às demandas”

     

Perseguição em Itinga termina com carro incendiado e um assaltante morto após troca de tiros com PMs

Mais uma perseguição policial em Lauro de Freitas terminou com um acidente na Avenida Fortaleza, região conhecida como Terra Plac no bairro de Itinga, no inicio da manhã deste sábado (15).

Quatro homens estariam fugindo da Policia em um veículo Wolksvagen Cobalt, de placa não identificada, quando perderam o controle do carro e bateram de frente em um poste.

Uma intensa troca de tiros teria acontecido entre os PMs e os criminosos, dois conseguiram fugir mas, um deles foi alvejado, socorrido até uma unidade médica mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Um outro meliante foi preso por Policiais a 81ªCIPM e conduzido para 27ª Delegacia em Itinga.


Bombeiros foram deslocados para debelar o fogo que consumiu completamente o veículo

A via ficou interditada para que o incêndio do veículo pudesse ser controlado. Policiais Militares continuam fazendo o cerco em busca de apreender os dois outros assaltantes que evadiram-se do local.


     

Sargento da PM acusado de liderar quadrilha que roubava feirantes está preso em Lauro de Freitas

Imagem relacionada
Edwison está detido na Coordenadoria de Custódia Provisória (CCP), em Lauro de Freitas
Um sargento da Polícia Militar foi preso nesta quarta-feira (12) em Senhor do Bonfim, no norte da Bahia, acusado de comandar uma quadrilha que roubava feirantes na BA-131, que liga a cidade a Campo Formoso. O PM Edwilson Carvalho da Sena, o Wisinho, trabalhava neste último município, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP).
Segundo a investigação, o PM ficava com o lucro dos comerciantes, mas não foram informados detalhes de como a operação criminosa funcionava. Edwison foi preso em cumprimento a mandado de prisão temporária em seu nome por roubo qualificado. Também foi cumprido mandado de busca e apreensão.
A Corregedoria da PM vai investigar o caso. Em nota, a PM diz que o sargento Edwison está detido na Coordenadoria de Custódia Provisória (CCP), em Lauro de Freitas. “Sendo provada que a conduta do policial é incompatível com o desempenho da atividade policial militar, a sansão administrativa de maior grau é a demissão”, diz o texto.
A prisão foi feita por policiais da 19ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Senhor do Bonfim), da Companhia Independente de Policiamento Especializado da Caatinga (Cipe) e da 54ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Campo Formoso), essa última onde ele era lotado.
Fonte: Correio da Bahia

     

Acusado da morte de padre em Stella Maris é preso por furto em Lauro de Freitas

Foi preso um dos acusados de assassinar o padre Francisco Carlos de Souza, encontrado morto na praia de Stella Maris em Salvador, no ano de 2014. Robson de Souza Oliveira, que cumpriu 18 meses de reclusão pelo homicídio, foi preso em Lauro de Freitas na tarde desta quarta-feira (5), por policiais da 52ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), após o furto do celular de uma mulher na comunidade da Lagoa dos Patos. Segundo a polícia, ele foi capturado por populares e a vítima. Em seguida foi entregue a uma guarnição da 52ª CIPM.
O padre Francisco era capelão da Paróquia Nossa Senhora da Esperança, no bairro do Stiep, em Salvador. Além de Robson, outro investigado pelo crime contra o religioso foi preso em outubro de 2014, identificado como André Fernando Amaral, 29 anos. Segundo o capitão Jorsan, coordenador de operações da 52ª CIPM, Robson também responde por roubo de veículos. Ele foi apresentado na 23ª Delegacia Territorial (DT) de Lauro de Freitas, onde foi autuado em flagrante.
Fonte: Bocão News

     

E a violência em Lauro City, vereadores, prefeita, lideranças ????

Os índices de violência em toda cidade de Lauro City continuam assustadores. Entre as 10 economias da Bahia, quase 200 mil habitantes , fronteiriça a Salvador, Camaçari, Simões Filho, nossa cidade em nada está diferindo de cidades do RJ, p. ex. E aí ?

É sempre bom lembrar se é assustador o número de homicídios, assaltos, por outro lado temos POLICIA demais. São 03 DELEGACIAS de POLICIA, Duas COMPANHIAS da PM, Uma Base Comunitária em Itinga e mais o CHOQUE, a RONDESP 24 horas. Ah, falta efetivo nas POLICIAS, combustível pras  viaturas, estímulo ao POLICIAL ???

Os edis, a prefeita Moema, os tais líderes que só sabem ficar em grupos de whatsapp reclamando boquinhas, precisam se juntar pra ir ao GOVERNADOR Rui Costa e por aqui fazer o dever de casa reunindo – se  todos com as autoridades policiais, do MP e do Judiciário. Ah, e que tal chamar o empresariado, comerciante pra uma ajuda mútua ?

Pronto, a chama está acesa.


     

Adolescente de 16 anos é morto em Lauro de Freitas

 

Resultado de imagem para violência urbana

O adolescente identificado como D. I., de 16 anos foi assassinado em Lauro de Freitas, na tarde desta terça(04/07), por volta 16:38 h, no bairro de Itinga.

As investigações para apurar autoria e circunstâncias do crime ficam por conta da 27 ª Delegacia Territorial de Itinga.
Fonte: SSP/BA

     

Jacob Barata e a maldição dos casamentos

Resultado de imagem para casamento de Jacob Barata no Copacaba Palace

Por Ruben Berta, no site The Intercept-Brasil:

Praticamente quatro anos depois de ter sido realizada, uma festa de casamento volta à memória dos cariocas. Na virada de 13 para 14 de julho de 2013, mais de mil convidados foram ao Copacabana Palace para uma celebração que tinha tudo para ser inesquecível – e foi. Champanhe Veuve Clicquot, uísque Black Label e um bolo que, como descreveu a colunista Hildegard Angel, “era um acontecimento”. Com direito até a show do cantor Latino (era a época de “Festa no apê”), não teria saído por menos de R$ 1 milhão a união em matrimônio Beatriz Barata e Francisco Feitosa Filho. O azar dos noivos é que, naquele julho de 2013, ainda vivíamos uma onda de protestos que tiveram como um dos principais motes as mazelas do sistema de transporte público.

Naquela madrugada, a magia do momento foi quebrada por gritos que vinham do calçadão da Avenida Atlântica. “Ah, ah, ah, o noivo vai brochar!” e “Uh, uh, uh, todo mundo para Bangu” eram alguns dos cantos entoados por um grupo bem-humorado de ativistas. Nesta segunda-feira, 3 de julho de 2017, parece que as preces dos manifestantes finalmente foram atendidas: o pai da noiva, o empresário de ônibus Jacob Barata Filho, foi preso pela Polícia Federal, acusado de participação num esquema de propinas a políticos e servidores do estado que pode ter passado da casa de R$ 200 milhões.

Para rebater aquele incômodo que vinha de fora, alguns convidados lançaram objetos – até um cinzeiro! – na direção dos manifestantes. Notas de 20 reais também foram arremessadas. Por volta de 3h, o Batalhão de Choque chegou e, com a delicadeza de sempre, acabou com a festa na calçada.

Por causa daquele protesto, o “casamento da Dona Baratinha”, como foi apelidado, ficou famoso fora das rodas do high society carioca e, com a prisão do pai Barata, as fotos das festas (a de dentro e a de fora) voltaram a ser lembradas. Mas o que mais será que os salões do Copacabana Palace teriam a revelar? Uma lição fica: é sempre bom desconfiar de casamentos nababescos que tiveram como palco um dos hotéis mais luxuosos do país. Vamos, então, recordar.

2004, Cabral & Adriana

Em abril de 2004, o então senador Sérgio Cabral Filho reuniu cerca de 900 pessoas nos salões do hotel para celebrar a união com a advogada Adriana Ancelmo. O evento, que teve direito à cobertura da revista “Casamento”, teve luxos como 4 mil dúzias de rosas vermelhas na decoração. Não é nem preciso lembrar que fim levou o casal. O noivo está preso numa cadeia em Benfica, Zona Norte do Rio, graças a investigações decorrentes da Lava Jato, réu em 11 processos. A noiva teve um pouco mais de sorte e aguarda as sentenças em prisão domiciliar, num apartamento a alguns metros da praia do Leblon, na Zona Sul.

2011, Danielle Cunha & Ariel Doctorovich

Um casamento de 2011 envolvendo outro figurão da política que agora está atrás das grades foi até parar nos documentos da própria Operação Lava Jato. Em 25 de junho daquele ano, Danielle Cunha, filha do então deputado Eduardo Cunha, ocupou os salões do Copacabana Palace para celebrar seu momento de felicidade com o economista Ariel Doctorovich. No pedido de prisão do parlamentar, de outubro do ano passado, os procuradores colocaram sob suspeita gastos de R$ 267,3 mil com a festa, após quebra de sigilo fiscal realizada pela Polícia Federal.

“Embora a questão ainda mereça maior aprofundamento, resta claro que o dinheiro usado para o pagamento do casamento de Danielle Dytz da Cunha era proveniente de crimes contra a administração pública praticados pelo seu pai, o ex-deputado federal Eduardo Cunha”, afirmou a Força-Tarefa da Lava Jato.

2013, Ângelo Goulart Villela & Ana Luiza Zorzenon

Em 2013, mesmo ano em que a “Dona Baratinha” se casou no Copacabana Palace, outro personagem que ficou conhecido recentemente graças às investigações da Lava Jato também usou os salões do hotel. No dia 7 de setembro, o procurador Ângelo Goulart Villela fez ali a festa de celebração da união com a também procuradora Ana Luiza Zorzenon, com direito a shows de MC Marcinho e da bateria da Mangueira.

Ângelo foi denunciado no mês passado pela Procuradoria Regional da República da 3ª Região pelos crimes de corrupção, violação de sigilo funcional e obstrução de Justiça. As investigações da Operação Patmos apontaram que ele teria recebido uma mesada do empresário Joesley Batista, do grupo JBS, para mantê-lo informado sobre os passos de outra operação, a Greenfield, que apura fraudes em fundos de pensão.

Famílias unidas no amor e nos negócios

O famoso casamento de Beatriz Barata fez parte de mais um capítulo de união no mundo dos ônibus. Seu noivo era Francisco Feitosa Filho, que herdou o nome do pai, um conhecido empresário de transporte rodoviário no Ceará. As duas famílias já possuíam negócios juntas desde 2008, fazendo com que o amor tenha sido apenas mais um laço entre elas. O evento também serviu para reunir diversas autoridades, como o atual ministro do STF Gilmar Mendes, que foi um dos padrinhos.

Há quem possa levantar a lebre de que Beatriz seria apenas uma filha que, ingenuamente, usufruiu do dinheiro do pai para realizar seu sonho. Mas a noiva do Copa também tem sua participação nos negócios da família. Uma ata de assembleia de 2015 da empresa União Transporte Interestadual de Luxo (Útil) mostra, por exemplo, que Beatriz Barata Feitosa assumira, em outubro daquele ano, o cargo de diretora da firma. O mandato era de dois anos. Um detalhe revelou como a união dela preservou os feudos de cada família: foi descrito no documento que ela se casou com Francisco Feitosa Filho sob o regime de separação total de bens.

Com uma movimentação intensa de casamentos, é bem possível que a Lava Jato atinja num futuro próximo outros personagens que já passaram pelo Copa e outros luxuosos salões do país. O talvez mais famoso presidiário do Rio atingido pela operação, o ex-governador Sérgio Cabral, já esteve pelo menos em mais um evento por lá, além do seu próprio matrimônio.

No dia 27 de abril de 2014, ele participou do festão do desembargador Luiz Zveiter, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Rio. Naquela noite, para não perder o hábito, fez algo que não devia: estacionou o carro irregularmente na Avenida Atlântica e foi multado. Mas o que são uns R$ 50 a menos na conta e uns pontos na carteira diante de um festão no Copa?


     

Detento é executado por colegas na cela de delegacia em Lauro de Freitas

Resultado de imagem para 27 ª DT Itinga
Em nota enviada ao Informe Baiano nesta terça (03), a Polícia Civil confirmou o assassinato de um preso dentro da cela da delegacia de Itinga.
De acordo com o comunicado, a delegada Elaine Laranjeira, titular da 27ª Delegacia Territorial (DT), de Itinga, autuou em flagrante por homicídio, 21 dos presos que estavam custodiados na cela da unidade policial, onde o preso Osias Santos de Oliveira foi espancado até a morte, no sábado (1º). A delegada apurou que os companheiros de cela de Osias decidiram espancá-lo depois de que outro preso o acusou de ter estuprado a mulher de um idoso, vítima de latrocínio cometido por ele. Por volta de 11 horas de sábado, os custodiados começaram a cantar para abafar os gritos de Osias, enquanto o espancavam. Quando ele parou de se mexer, os presos chamaram os policiais. A perícia foi acionada e constatou que a vítima apresentava sinais de estrangulamento, além das marcas de agressão.
Um inquérito foi instaurado para apurar o fato, 28 presos foram interrogados e 21 deles vão responder pelo crime. Eles já tiveram as prisões convertidas em preventiva e tiveram sua transferência solicitada para o sistema prisional. Osias estava preso desde o dia 21 de junho, quando teve um mandado de prisão cumprido por tentativa de roubo, onde a vítima foi esfaqueada. Não há registro de estupro na ficha dele, porém, ele respondia por outros assaltos e um homicídio.
Fonte: Informe Baiano

     

Polícia registra 25 furtos e roubos de veículos em Lauro de Freitas no mês de junho

A região central da cidade registra o maior número de roubos e furtos de veículos

A Central de Telecomunicações das Policias Civil e Militar – Centel, registrou no sistema da Secretaria de Segurança Pública da Bahia(SSP), 25(vinte e cinco) furtos e roubos de veículos em Lauro de Freitas, no mês de junho.
Os crimes aconteceram em Itinga, Portão, Vilas do Atlântico e na região central da cidade, que compreende o Centro, Vila Praiana, Lagoa da Base, Lagoa dos Patos, Chafariz, Vila Mar, Aracuí, Pitangueiras e parte de Ipitanga. A localidade concentra o maior número de ocorrências dessa modalidade de crime.
Roubados FORD FOCUS APX 8558 CINZA ESTRADA DO COCO 01/06/2017 13:00
Furtados FIAT PALIO JPG 0243 CINZA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 02/06/2017 17:00
Roubados TOYOTA HILUX PJA2310 BRANCA PORTÃO 02/06/2017 04:50
Furtados Yamaha YBR PJW 0049 VERMELHA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 03/06/2017 05:00
Roubados HONDA POP 100 NTT 4158 BRANCA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 03/06/2017 03:30
Roubados FORD FIESTA JRB 2446 PRETA CAJI 05/06/2017 18:00
Roubados HONDA CG OKT 2691 VERMELHA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 05/06/2017 19:00
Roubados FORD FIESTA JSJ 3247 VERMELHA ITINGA 06/06/2017 13:55
Roubados TOYOTA HILUX NZP 7679 PRATA ITINGA 06/06/2017 17:40
Roubados HONDA CG 125 TITAN NZE 0082 VERMELHA ITINGA 07/06/2017 06:30
Roubados FIAT LINEA IAO 8976 PRATA ITINGA 07/06/2017 06:40
Furtados FIAT STRADA PJS 4925 VERMELHA PORTÃO 07/06/2017 07:30
Roubados RENAULT SANDERO JSK 3853 PRATA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 09/06/2017 20:40
Roubados HONDA POP 100 PKF 4103 PRETA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 09/06/2017 20:40
Roubados VOLKSWAGEN FOX JRI 2962 VERMELHA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 11/06/2017 05:30
Roubados FORD kA OZP 6696 PRATA PORTÃO 13/06/2017 03:40
Roubados VOLKSWAGEN FOX OKX 0865 BRANCA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 13/06/2017 11:10
Roubados TOYOTA HILUX OUV 5169 PRATA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 15/06/2017 18:30
Roubados CITROËN PICASSO NZX 8661 PRATA VILAS DO ATLÂNTICO 19/06/2017 17:30
Roubados VOLKSWAGEN FOX JRY3469 PRATA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 19/06/2017 18:15
Roubados VOLKSWAGEN GOL OKS 4420 BRANCA ITINGA 27/06/2017 11:05
Roubados RENAULT SANDERO NYU7231 PRETA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 27/06/2017 13:30
Roubados VOLKSWAGEN VOYAGE OUZ9718 BRANCA PORTÃO 29/06/2017 10:20
Roubados FIAT PALIO OEQ 4263 PRATA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 29/06/2017 13:55
Roubados GENERAL MOTORS COBALT OZC 4217 CINZA REGIÃO CENTRAL DE LAURO DE FREITAS 29/06/2017 20:30
Fonte: SSP/BA

     

Homem esfaqueia companheira até a morte e é espancado em Lauro de Freitas

Casal se conheceu em uma igreja evangélica e estava separado há duas semanas
(Foto: Reprodução/ Facebook)
A aposentada Vanucia dos Santos, 48 anos, morreu após ser esfaqueada dentro de casa pelo companheiro em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. Após o crime, o mecânico José Cosme Alves de Brito, 51, foi espancado por populares dentro do condomínio Elis Regina e está internado no Hospital Geral do Estado (HGE).
Segundo a Polícia Militar, o caso aconteceu no sábado (24), por volta das 13h30, na Rua Dejanira Maria Bastos, localidade de Vida Nova, bairro Caji. Vanucia, que era deficiente física, foi socorrida pelo filho para o Hospital Menandro de Faria, mas não resistiu aos ferimentos.
Já José foi levado por uma equipe da Polícia Militar para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região e depois transferido para o HGE, onde está custodiado desde a tarde de ontem. O estado de saúde dele não foi informado.
Por volta das 11h30 de sábado, moradores do condomínio começaram a ouvir os gritos de socorro da vítima e arrombaram o cadeado do apartamento para socorrê-la. “Ela era deficiente física, tinha um problema na perna. Não dava para se defender perto dele. Ela sempre foi muito família, não merecia essa injustiça”, afirma uma parente de Vanucia, que foi na manhã deste domingo (25) ao Instituto Médico Legal Nina Rodrigues para a liberação do corpo.
Ainda de acordo com informações da família da vítima, Vanucia estava separada há duas semanas de Cosme, após ele pedir para terminarem. “Ela (Vanucia) me mandou um áudio pelo Whatsapp contando que ele disse que iria seguir a vida dele e que queria sair da igreja e ainda pediu para ela arrumar as coisas dele. Ela arrumou tudo, separou escova de dentes, sabonete e deixou a sacola dele com tudo no lugar. Só pediu a ele que tivesse certeza com relação à decisão que estava tomando. Era uma esposa muito zelosa, prestativa, que ajudava todo mundo”, contou.
O casal se conheceu em uma igreja evangélica. Após a separação, Cosme havia voltado a beber e também tinha deixado de frequentar os cultos. “Ele procurou ela e pediu ajuda. Eles nunca haviam brigado antes. Ela então decidiu dar uma nova chance. Quando ele pediu para dormir na casa dela (de sexta para sábado), ela deixou, e aconteceu esta tragédia. Ninguém nunca ia imaginar que isso ia acontecer. Ele era também evangélico”.
A parente acrescentou que Cosme costumava beber, mas nunca havia agredido ou discutido com Vanucia. “Nunca brigaram. Ele ficava bêbado e ia dormir. Até a família dele está revoltada porque ele fez isso”, disse ela, emocionada. Vanucia deixa um filho de 28 anos de outro relacionamento e dois netos. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Vanucia será sepultada amanhã (26), no município de Gandu, cidade onde nasceu.
Fonte: Correio da Bahia