Categoria: Moema Gramacho

LULA SE PREPARA PARA 2018

Por Fernando Brito, no blog Tijolaço:
Todo mundo pensa que Getúlio se lançou candidato em 50 na famosa reportagem de Samuel Wainer, no Carnaval de 1949.
Meses antes, porém, ele já havia feito isso, numa reportagem de Rubens Vidal e fotografias de Flávio Damm, na “Revista do Globo” (nada a ver com as Organizações Globo).
O título não deixa dúvidas: “A longa viagem de volta”
E o fotógrafo, Flávio Damm explicou bem, em um depoimento, em 2003:
“Getúlio foi deposto em 29 de outubro de 45 e foi pro exílio na fazenda do Itu, em São Borja, no Rio Grande do Sul. Durante dois anos ele recebeu jornalistas do mundo inteiro, mas não recebeu fotógrafos. Estava muito gordo, aquela coisa, aquela bombachas. E não queria a idade dele explorar. Então ele não permitiu a entrada de fotógrafos. (…) E quando o PTB resolveu lançar Dr. Getúlio, eu chamo de Dr. Getúlio, resolveu lançar Getúlio candidato em mil novecentos… Pra 1950. Aquela coisa da volta. Volta do retrato… Volta do retrato do velho, não é? E o Queremismo. (…)Então, o Jango me chamou e disse: Olha, vamos ao Itu, fazer uma reportagem com o Dr. Getúlio, que ele vai concordar em fazer fotografia pra se fazer uma grande reportagem na revista do Globo.
E Getúlio fez questão de se fotografar montando seu “pingo”, o cavalo “Luar”.
É óbvio que Luiz Inácio Lula da Silva não sabe nada desta história.
Não sabe, mas repete, quase que igualzinho, para desespero da porção “uspista” do PT, aquela que torcia o nariz de nojo quando se falava em Getúlio Vargas.
Ou será que alguém acha que é outra coisa o vídeo que Lula divulgou como “Uma mensagem do ex-presidente Lula para você”, onde aparece se exercitando, mostrando que está pronto para montar seu “Luar”?
O grande barato da história é como ela move os homens, independente até de seus planos, mas quase nunca em sentido contrário às necessidades coletivas.
Podem me achar maluco, mas eu tive uma bela escola de “memória inconsciente”.
As coisas vão acontecendo assim, diferentes no tempo e na forma, quase iguais no conteúdo.
Um dia alguém vai racionalizar isso. Muito mais importante, porém, é que aconteça.

     

Prefeitura de Lauro de Freitas assegura transporte a estudantes universitários

Por meio do Diário Oficial do Município (DOM) da última terça-feira (24), a Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas (PMLF) assegurou o uso do transporte escolar para estudantes universitários que frequentam Instituições de Ensino Superior no município. De acordo com o documento, fica a cargo da Secretaria Municipal de Educação a regulamentação sobre o uso, os horários e as rotas do transporte.

     

UPA Nélson Barros , centro, está ficando 13.

Resultado de imagem para Joelio diretor do nelson barros
Durante este mês de maio, levei quatro pessoas na emergência do Pronto Atendimento Nelson Barros, no centro de Lauro de Freitas. Todas essas pessoas foram atendidas e saíram recuperadas dos problemas de saúde que as levaram a passar mal.
Durante o tempo que passei como acompanhante destas pessoas, aproveitei para conversar com Joélio, o gerente administrativo da unidade. O mesmo me mostrou as reformas e os serviços de manutenção que estão sendo feitos na sala de medicação, pediatria, ala feminina e a sala de ECG. Joélio ainda disse que todo o órgão vai ser reformado.
“Por ser uma unidade de urgência e emergência o atendimento não pode parar. A reforma e os serviços têm que ser feitos aos poucos. O importante é que está dando para conciliar os atendimentos e os serviços de recuperação do posto. O atendimento está sendo prestado, por todos os médicos e demais funcionários, com qualidade. E, graças a Deus, temos todos os medicamentos necessários”, disse Joélio.
“Não é fácil manter um atendimento de emergência. Como em todos os municípios do Brasil, as dificuldades são muitas, mas com dedicação dos nossos profissionais e a vontade da nossa prefeita Moema Gramacho e do nosso secretário Erasmo conseguimos superar estas dificuldades e fazer a saúde funcionar melhor”, afirma Joélio.
Assentamento de revestimento nas paredes da Sala de ECG

 

Recuperação e pintura das Alas

 

Reforma e Pintura da ala infantil

     

Meirelles, ex-JBS, é um indecoroso

Por Fernando Brito, no blog Tijolaço:

O senhor Henrique Meirelles, na notícia acima, mostra o quanto é um homem sem qualquer noção de decoro e moralidade.

Ou melhor, um homem com uma única fidelidade: aos donos do dinheiro.

Não lhe passa na cabeça vaidosa que pôde ser bem sucedido como auxiliar (grifo, para que se compreenda bem) no governo de Lula porque este governo tinha propósito e legitimidade populares.

A mídia, sempre generosa com o “mercado”, deixa passar quieto que Meirelles, mais do que ninguém, está metido até o pescoço neste caso da JBS, porque foi nada menos que presidente de seu Conselho de Administração.

Ou será que os irmãos Batista, apresentados como os grandes mutreteiros da carne, que traficam influência e dão mesada a Eduardo Cunha ao tratar com Meirelles eram ascetas dignos de figurar num altar?

Henrique Meirelles faz Armínio Fraga parecer uma “reserva ideológica”. Ao menos assume que está a serviço de um projeto, enquanto aquele quer ser visto como uma espécie de “açougueiro profissional”, disposto a cortar, sem piedade, gastos sociais que são, em última análise, a própria vida de seres humanos.

Sua “obra” está erguida sobre um mar de infelicidades, angústias, sofrimentos, desesperos de quase 15 milhões de homens e mulheres sem trabalho, no sucateamento dos serviços públicos com que, miseravelmente, ainda podem contar e nas portas cerradas ao futuro pelos 20 anos de arrocho que, pelas mãos aduncas de Temer e do lixo parlamentar que o apoiava, com que manietou o orçamento público.

Se a economia é uma guerra, o Sr. Meirelles é apenas um mercenário do capital, a serviço de quem quer que seja que o mantenha como “coronel” da economia.


     

Prefeita reajusta salários dos professores e garante eleições diretas para diretores das escolas

“Asseguramos à categoria aumento salarial com base no piso, com ganho real, e criamos comissões para resolver as questões administrativas. Um bom resultado”, destaca a prefeita Moema Gramacho sobre as negociações com os representantes dos professores da rede municipal de Lauro de Freitas. Após a última rodada de negociação com a categoria ficou definido o reajuste de 8% no salário, escalonado em três vezes e já aprovado em assembleia da categoria nesta quarta-feira (17).
Além do ganho salarial, a prefeita também assegurou quatro pontos destacados na pauta de reivindicação da Associação dos Professores de Lauro de Freitas (Asprolf). Até o final deste ano a escolha para diretores e vices escolares volta a ser feita através do processo democrático. A eleição das lideranças nas unidades foi implantada na segunda gestão da prefeita e suprimida de 2012 à 2016. “Nós reconhecemos que está não é um pleito da categoria, mas um compromisso nosso”, enfatiza Moema. As eleições estão previstas para acontecer no final de 2017.
Segundo o secretário da Educação, Paulo Gabriel Nacif, a ideia é discutir com as escolas e com a comunidade o processo de democratização. “Nos iremos promover debates nas unidades com a presença da comissão e também dos atores que compõem o processo”, ressaltou.
Uma comissão foi formada e publicada no Diário Oficial do Município (DOM), para avaliar cada processo administrativo. A partir da próxima terça-feira (23), os membros constituídos se reunirão na mesa de instalação. Outra comissão avaliará o plano de carreira da categoria. “Os projeto deve ser encaminhado a Câmara dos Vereadores até novembro, antes do recesso parlamentar”, frisou Moema.
Na próxima segunda-feira (22), a prefeita estará reunida com os auxiliares de classe, cuidadores, REDAs e assistentes administrativos da secretaria de Educação, para ouvir as demandas.

     

Moema devolve aos pais , alunos e professores o direito de escolher o Diretor de sua escola

Prefeita Moema Gramacho devolve aos pais, alunos e professores o direito de escolher  o DIRETOR  de sua escola da  municipal de ensino pelo VOTO e concede aumento aos professores.

 

 

 

Parabéns, prefeita.

 

A prefeita acatou à proposta e se comprometendo também a dar agilidade às 3 comissões que vão discutir a Eleição Direta para Gestor de Escola, a Análise de Processos Administrativos e o Plano de Carreira. A proposta do reajuste será levada para a assembleia geral extraordinária de amanhã (17), às 9h na AFPEB, para apreciação e deliberação dos trabalhadores. Caso passe, na reunião entre o ASPROLF e governo ainda na tarde desta quarta-feira, será fechada a negociação com assinatura de um TAC – Termo de Ajustamento de Conduta, firmando todos os pontos fechados em mesa de negociação.Outro ponto também ficou definido, foi uma reunião para o dia 22/05, às 8h30, no Centro de Cultura de Portão, entre governo e profissionais REDA, auxiliares de classe, cuidadores e agentes administrativos.

Fonte : Asprolf.


     

Alckmin e Doria antecipam prévias tucanas

http://ajusticeiradeesquerda.blogspot.com.br/

Por Ricardo Kotscho, em seu blog:

A entrega do premio de “Homem do Ano” concedido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos ao prefeito João Doria, na noite desta terça-feira, em Nova York, levou para lá a fina flor do empresariado brasileiro e do alto tucanato.

É o palco ideal montado para este empresário de eventos e apresentador de televisão brilhar num ambiente em que ele nada de braçada e se cacifar na disputa presidencial.

Antes de se eleger prefeito da maior cidade do país, em primeiro turno, no ano passado, Doria notabilizou-se por promover encontros entre políticos e empresários.

Na véspera da grande festa, empolgado com os apoios que recebia por onde passava nos salões novaiorquinos, o prefeito saiu dos seus cuidados habituais de negar a candidatura para não melindrar seu padrinho, o governador Geraldo Alckmin, outro presidenciável tucano que está em Nova York.

Durante café da manhã com empresários promovido pela Fundação Getúlio Vargas, no entanto, o protagonista do evento mandou ver, como se estivesse num palanque, e foi aplaudido de pé:

“Será candidato do PSDB aquele que tiver melhor posição perante a opinião pública. Aquele que representa o interesse popular. Para ser competitivo, para vencer as eleições, vencer o PT, vencer o Lula”.

Ou seja, ele mesmo, que segundo o último Datafolha bate o padrinho por 9 a 6% na primeira pesquisa em que seu nome apareceu na lista e é o tucano que mais cresce em todos os levantamentos.

Quem é que bate no PT e em Lula, dia sim e no outro também, empunhando a bandeira do gestor empresarial contra a “velha política” dos envolvidos na Lava Jato?.

O mais entusiasmado era o economista Carlos Langoni, ex-presidente do Banco Central, que apontou Doria, “com sua força interior”, como uma “estrela crescente da política brasileira”, segundo o relato dos repórteres da Folha.

Para não ficar atrás, o governador Geraldo Alckmin disse em palestra a investidores que tem “vontade, agenda, programa, aliança e conhecimento” para ser novamente candidato a presidente pelo PSDB no próximo ano.

Doria percebeu o clima de prévias antecipadas e, antes do dia terminar, repetiu o mantra: “Quero fazer registro da lealdade que tenho ao governador Geraldo Alckmin”.

Tudo bem, mas em Nova York o prefeito deixou claro que quem vai decidir a candidatura tucana serão as pesquisas.

Enquanto isso, em São Paulo, avançam as negociações para uma aliança entre o PMDB (com o empresário Paulo Skaf para governador) e o PSDB (João Doria para presidente).

Embalado por comerciais da Fiesp em que ele aparece como astro, Skaf lançou sua candidatura ao governo do Estado no último fim de semana e tem o maior interesse em surfar na onda Doria.

É preciso ver, no entanto, o que o prefeito ganha com isso, pois o eterno presidente da Fiesp, citado na Lava Jato, já foi derrotado nas duas últimas campanhas para governador.

A vantagem de João Doria é que o PMDB não tem nome para lançar candidatura própria a presidente, como não teve em todas as últimas eleições presidenciais, e só lhe resta fazer uma aliança com o PSDB, qualquer que seja o candidato tucano.

Em Nova York, o prefeito saiu na frente do governador.

E vida que segue.