Sport ganha mais da Caixa que Bahia e Vitória

A Caixa é parceira do Sport desde 2014. Na época, o acordo foi assinado pelo valor de R$ 6 milhões. Mas, anteriormente, o Leão precisou desembolsar R$ 4 milhões para conseguir todas as certidões negativas. Em 2016, o Rubro-Negro de Recife também já tinha renovado o acordo pelos mesmos R$ 6 milhões.
No Diário Oficial da União desta quinta-feira (9), a Caixa Econômica Federal confirmou o novo acordo com o Leão da Ilha. Para seguir como patrocinador master do time em 2017, a empresa desembolsará até R$ 7,8 milhões para os cofres rubro-negros dependendo do desempenho do time nas Copas do Brasil e do Nordeste além da Série A. Em caso de conquista dessas competições, a verba chega ao teto. Sem elas, o valor será de R$ 6 milhões.
Bonificação da Caixa por títulos em 2017
R$ 2,0 milhões – Mundial
R$ 1,5 milhão – Taça Libertadores
R$ 1,0 milhão – Série A
R$ 500 mil – Copa do Brasil
R$ 500 mil – Série B
R$ 300 mil – Copa do Nordeste
R$ 200 mil – Copa Verde
O Leão é o 10º clube com contrato chancelado nesta temporada, sendo o quarto nordestino, após Ceará, CRB e Náutico. No mesmo patamar do Sport, o Bahia também celebrou a renovação, mas o contrato ainda não saiu no registro oficial. A dupla Ba-Vi recebe da Caixa R$ 6 milhões.
Contratos já publicados no Diário Oficial: Flamengo (até R$ 30 mi, somando bonificação por títulos), Atlético-MG (até 16 mi), Cruzeiro (até 12,5 mi), Sport (até 7,8 mi), Náutico (até 3,7 mi), Ceará (até 3,4 mi), Figueirense (até 3,4 mi), Paysandu (até 3,2 mi), América-MG (até 3,0 mi) e CRB (até 1,5 mi).

     

Você pode gostar...