Meu Deus, será verdade isto sobre a decisão de Mirela ? Calma, só copiei e colei. Por favor, não me processe.

Mirela a Fujona
Mirela a Fujona
Lauro de Freitas foi surpreendida com alguns sites, que noticiaram, neste dia 12, segunda-feira, que Mirela Macedo (PSD) vai assumir a vaga de Deputada Estadual na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) e deixar vaga a Vice-Prefeitura da cidade. Decisão “estranha” para quem em todos os seus discursos assumia publicamente que não queria ser deputada, mas que seria a vice prefeita da cidade até o final, e que o cargo de Deputada não era dela e sim de Teobaldo. Fora  Alardeado ainda nos bastidores que assumiria o cargo de Secretária municipal de Saúde.
A decisão de Mirela nada tem de estranho. No domingo(11) houve um encontro do PSD em Ipitanga, casa de veraneio do ex vereador Dr. Erasmo e Mirela estava presente, Churrasco de um lado, Barril de Chopp do outro, quando os presentes voltaram-se para o discurso de Mirela ficaram surpresos com as palavras dela. Consegui reunir alguns Trechos: “Eu estou a reboque, não sei de nada, não decido nada e não estou participando de nada” “Minha função na Transição é apenas decorativa, quando me ligam e se é que ligam já decidiram” “Tenho mais de 15 dias sem conseguir falar com Moema.” Todos ficaram surpresos com as declarações de Mirela quando ela disse que não tinha secretaria e que todos do PSD não tem garantia de participar do governo.
Mirela jogou a Toalha, e usou o nome de Otto Alencar para justificar a sua falha, a sua impotência e pelo fato de ter sido engolida, pelo monstro que criou. E olhe que ela não viu nada ainda. Declarou para todos no domingo(11) que estava indo para Assembléia, assumir a vaga de Deputada com vistas numa reeleição e que supostamente Otto daria sua reeleição.
Tal ato não deixa sobra de dúvidas que Mirela está uma agente do processo sem qualquer moral suficiente e por conta disso entregou as armas sem ao menos ter lutado. Quebrando seu partido ao meio e de joelhos na frente de seus correligionários, os entregou ao próprio destino, insinuando até que não tinha um quadro capacitado e técnico, para assumir funções no governo que ajudou a erguer.
Mirela só cometeu erros. Usou toda a força do seu nome, construído pelo cara de Vigor, que sempre esteve ao seu lado, para falar de uma outra candidata a prefeita, que espertamente a envolveu e tomou seu lugar. E agora, como uma criança, mimada e desconectada com os propósitos políticos ao qual se envolveu, se recolherá nas sombras de um mandato de Deputada que não é seu, mas sim daquele que sonhou o seu sonho e que a projetou com muito esforço e vigor de um administrador de resultados, daquele que nunca mediu esforços quando o assunto era Mirela. E este se chama Teobaldo.
Usar o nome de Otto Alencar para sair correndo, só mostra o quanto é insegura e medrosa. Agindo conforme a mocinha da Praia do Forte, só que acrescentado os mais sérios adjetivos de incompetência com o grupo, dona de uma inconsequência evidente e irresponsabilidade politica.
Mirela não sai do cenário real da cidade por que quer e sim por que está com medo de enfrentar o Monstro que ela mesmo criou.
Fonte : site  tribuna de lauro

     

Você pode gostar...