O edil do PPL ajudando o esporte laurofreitense.

Os eleitores de Lauro City terão fartura de candidatos da terrinha.
Isaac de Belchior Deputado Estadual.

     

Nem pop, nem tech. O Agro é corrupto

Por Miguel Stédile

Ao invés de perguntar a Deus como foi parar ali, Michel Temer deveria perguntar à Confederação Nacional da Agricultura ou aos seus associados. O setor do agronegócio esteve entre os setores mais ativos para o financiamento da campanha pelo impeachment da presidenta eleita Dilma Rousseff, desde inflar patinhos amarelos a pagar os trabalhos do publicitário particular de Temer, Elsinho Mouco, como o próprio marqueteiro confessou.

As relações entre o agronegócio e a quadrilha que se instalou no Palácio da Alvorada são íntimas. Como é público e conhecido, além de encontros na madrugada para acertarem a mesada para Eduardo Cunha, Michel Temer e Joesley Batista, da JBS, também compartilharam jatinhos e, principalmente, propinas. Em troca, a JBS receberia a intervenção do governo para facilitar seus negócios.

Um dos canais para a recepção da propina era a empresa de engenharia e arquitetura Argeplan, de propriedade do coronel aposentado da Polícia Militar João Batista Lima Filho. Em 2016, O Movimento Sem Terra ocupou a Fazenda Esmeralda, em Duartina (SP), conhecida em toda região como propriedade de Temer, mas registrada em nome de Lima Filho. Não seria a área destino da lavagem de dinheiro da corrupção?

Mas Temer não está sozinho na sua amizade. Um em cada 3 deputados foi financiado pelos irmãos Batista em suas campanhas eleitorais, num total de 166 integrantes da Bancada da Friboi. Ao menos oficialmente, em financiamentos registrados. Junto a eles, 28 senadores. Entre os Partidos, o PP é campeão de financiamentos pela JBS. Não à toa, a Operação Carne Fraca apontou corrupção na fiscalização pelo Ministério da Agricultura, justo na área de frigoríficos, e num Ministério cujo domínio tem sido dividido entre o PP e o PMDB nos últimos 18 anos. E a própria delação dos irmãos Batista confessa que a empresa foi beneficiada com compra de votos para aprovação de isenção de tributos pela Câmara.

A JBS também um bom exemplo do quanto o Agro é “tech”, suas empresas estão afundadas em denúncias de trabalho escravo, precarização do trabalho e desrespeito as leis trabalhistas. Coincidentemente, outra bandeira do governo Temer, acabar com os direitos com a reforma trabalhista. O parâmetro de tecnologia da JBS certamente devem ser as senzalas do século XIX.

Os interesses da JBS e do setor do agronegócio com a aprovação de isenções tributárias e das reformas é fundamental para superarmos o discurso predominante da mídia que só enxerga corruptos, mas transforma os corruptores em sujeitos ocultos. Como se a corrupção fosse um ato individual e autoSsuficiente de um político, ignorando que em sua origem está o setor empresarial em busca de transgredir as leis e a economia. Faltou pouco para os irmãos Batista se apresentarem como vítimas da ganância de Temer e companhia, enquanto fraudavam concorrências, burlavam fiscalizações e desrespeitavam a lei.

A corrupção nem de longe é o único crime associado a Temer e ao agronegócio. Seu braço direito, o Ministro da Casa Civil Eliseu Padilha é adepto de outra característica típica do agronegócio, a grilagem de terras. Em bom português: fraudar documentos para roubar propriedades de terra. Padilha é acusado de grilagem tanto no Rio Grande do Sul, onde se apoderou de uma área valorizada para a construção de parques eólicos, como também no Mato Grosso, onde é acusado pelo Ministério Público de desmatar 19 mil hectares no Parque Estadual Serra Ricardo Franco.

Outro ícone do agronegócio, Blairo Maggi, rei da soja, ocupa o Ministério da Agricultura. Recentemente, com a apreensão de um avião carregado de cocaína, a imprensa supôs que a soja não é o único produto de exportação da Fazenda Itamarati.

Além dos bolsos dos integrantes do governo, as propinas do agronegócio tem outro destino certo: a pauta do Congresso Nacional. Sob medida aos interesses de seus Ministros e de seus financiadores, Temer enviou as MP 756, 758 e 759 que produzem uma série de retrocessos na estrutura agrária brasileira e fazem a festa de grileiros e outros contraventores. A frente da aprovação destas medidas, está outro campeão do agronegócio, da grilagem e do Governo Temer: o senador Romero Jucá, de Roraima.

Com um governo com relações tão carnais com o agronegócio e o crime, não é a toa que os fazendeiros sintam-se blindados e protegidos, ou melhor, impunes. Não apenas em violar a política e a economia, mas em desprezar a própria vida humana. No primeiro ano do golpe, os índices da violência no campo retrocederam aos números de 13 anos atrás. Os assassinatos no campo saltaram para 61 vítimas, incluindo 13 jovens, 6 mulheres, 13 indígenas e 4 quilombolas. “Quilombolas, indígenas, gays e sem terras” são tudo o que não presta, segundo o Deputado federal Luiz Carlos Heinze, um dos papagaios de piratas postados fielmente ao lado de Temer em seu pronunciamento após a denúncia da PGR.

Como se sabe, não foi deus, mas o “grande acordo nacional… com STF com tudo”, nas palavras de Jucá, que levou Temer ao governo. E sua saída, manifestada nos desejos de milhares de brasileiros deve resultar não apenas em novas eleições diretas, mas numa limpeza da quadrilha agro-corrupta que se instalou nos poderes legislativos e executivo. O Fora Temer deve ter como consequências, tanto a devolução ao poder soberano do povo para escolher o Presidente da República, como o próximo mandatário precisa imediatamente revogar todas as medidas provisórias criadas a preço de propina e corrupção para favorecer o agronegócio. Deve também retirar definitivamente o Ministério da Agricultura e importantes ferramentas do Estado como a Companhia Nacional do Abastecimento da mão da camarilha do agronegócio. E para que a sociedade brasileira seja definitivamente sanada da ação criminosa do agronegócio nos poderes legislativos e executivos é necessário uma profunda reforma política que acabe definitivamente com o propinoduto chamado “financiamento privado de campanhas”. O Fora Temer só será efetivo se for for Fora também para quem lhe colocou ali: os patinhos da FIESP, os boizinhos da JBS e os cifrõeszinhos do capital financeiro que sustenta a ambos.

* Artigo na coluna da Via Campesina, publicado originalmente no site Sul-21.


     

Atenção integral à saúde marca debates nas pré-conferências de Lauro de Freitas

VII Conferência Municipal de Saúde será realizada nos dias 27 e 28 em Lauro de Freitas
Implantar no SUS as Práticas Integrativas (PICS), como acupuntura, danças circulares e relaxamento, voltados à prevenção dos problemas psicossociais, foi uma das propostas levantadas durante as pré-conferências realizadas em Lauro de Freitas, nesta sexta e sábado, pelo Conselho Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.
A proposta das pré-conferências foi ouvir as demandas das comunidades de Lauro de Freitas, que participaram das atividades em Portão, na sexta-feira, e na Itinga, Antlântico Norte, Ipitanga, Centro, Areia Branca e Caji neste sábado. A iniciativa é uma preparação para a VII Conferência Municipal de Saúde, que será realizada nos dias 27 e 28, na Unime, com o tema “A saúde que queremos no território de Lauro de Freitas”.
Temas como Vigilância, Proteção e Promoção da Saúde; Atenção Integral à Saúde; Saúde com inclusão social; Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, foram debatidos com ampla participação das comunidades. De acordo com a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Cibele Marques, a ideia principal é discutir abertamente as questões de saúde com a população.
“Essas questões em forma de propostas irão compor o Plano de Saúde Municipal para os próximos quatro anos. Com isso, o papel do Conselho será monitorar e fiscalizar as ações”, explicou.
Ainda segundo Cibele, para melhorar as questões da saúde é necessário que exista uma mudança de baixo para cima, desde a segurança até a qualidade dos serviços e equipamentos. “Não dá para construir uma proposta de saúde numa esfera maior, pois é no micro território que se discutem as soluções”.
A presidente do Conselho destaca a importância de implantar de forma efetiva as práticas integrativas no SUS como um grande passo na promoção e recuperação da saúde. A Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no SUS já foi aprovada pelo Ministério da Saúde mas precisa ser efetivada e, principalmente, implementada nos municípios.
A PNPIC contempla as áreas de homeopatia, plantas medicinais e fitoterapia, medicina tradicional chinesa/acupuntura, medicina antroposófica e termalismo social.
Fonte: Ascom Prefeitura de Lauro de Freitas

     

13 miudinhas do Lau.

Resultado de imagem para Ladislau Leal

I – Fui há pouco ao  Gabinete de um ilustre secretário NR e a atendente, secretária dele, sei lá e ela ‘ o secretário está com problemas estomacais, está no Gabinete, mas pediu pra dizer que não atende ninguém ‘. Não, não vou por o nome dele aqui até por que este secretário é um cara bacana. Mas se é verdade o que me disse a mocinha, é muita onda !

II – Pela manhã estive no Gabinete de Leto Lopes, secretário Chefe de Gabinete da alcaide,  com um empresário de Juazeiro que está se instalando por aqui e segundo ele vai gerar uns 20 empregos diretos num primeiro momento. Leto Lopez é nota 13, recebe bem todos e todas e garantiu resolver o problema do empresário ainda hoje.

III – Sexta – feira , Joilson Lopez, Diretor de Turismo da cidade, quer o Cine Teatro lotado pra a apresentação do Catálogo do Turismo Étnico em Lauro City.

IV – Ronaldo Carletto deve tomar o PROS de Fabricio Figueredo na Bahia. As más e boas linguas dizem que Carletto foi em Brasilia e pagou caro pra arrancar o Indio do comando da legenda no estado. A pretensão de Carleto é ser Senador e ai com um partido que têm 58 segundos de TV pode barganhar e com Rui ou Netto uma vaguinha pra o Senado da Republica.

V – Fabricio Figueredo está tranquilo e com ou sem PROS se elege DEPUTADO FEDERAL . A conta de Fabricio hoje é que chega perto de 80 mil votos e ai entra com Distritão ou não. Hoje o Indio têm 200 municípios com coisa de 200 votos um pelo outro e mais uns 100 com 300 votinhos. Isto sem contar que em Lauro City e Salvador vai pocar de sufrágios, segundo as pesquisas guardadas a sete chaves.

VI – O vice governador João Leão, está tranquilo, atendendo em casa, ontem recebeu o edil CESAR, mas fará uma cirurgia de diverticulite, sem maiores risco e logo estará pronto pra tocar a vida sonhando com o Senado.

VII – Cesar deve mesmo ser o LIDER de Moema na edililidade e tudo indica que dia 27 NR anuncia.

VIII – Ronaldinho da Regulação tem apanhado nos Grupos de Whatsapp e em alguns blogs inimigos por conta da IMPOSSIBILIDADE de atender toda demanda de marcação de consultas médicas. Infelizmente não há como atender a Deus e todo mundo satisfatoriamente, mas a gestão e Naldinho tem feito de tudo e mais um pouco.

IX – Em breve NR anunciará seu nome pra ESTADUAL e dizem que será mesmo o Chefão da SECAD, economista e militante social, Ailton Florêncio. Vale lembrar que em 2010 Florêncio conseguiu 25 mil votos na disputa de uma das 63 cadeiras da ALBA.

X – Moema Gramacho já pensa em alguns nomes pra substituí – la. Um dos nomes é Naide Brito, mas também tem o Ailton Florêncio, que é de sua confiança tanto quanto Naide.  E aí elege o Florêncio pra ALBA e o caminho fica bem mais fácil. Melhor muitas opções trabalhadas já que em cima da hora pode  ter que trazer alguém do PSDB ( Lembram de JO ??? ).

XI – Cadê João Oliveira ? O povo antigo está todo ai na Viúva menos João, por que será ??? Eu, heim !

XII – Márcio Paiva está apaixonado por Diego Coronel e garante que sua turma vai conseguir uns votinhos bons pra o deputado estadual. Diabo que já têm umas línguas malditas dizendo que o Dr quando Prefeito conseguiu apenas 2900 votos pra Cacá Leão…Que povinhooooooo !

XIII – Mudanças no secretariado de NR somente depois das eleições de 2018. Portanto, todos 19 secretários podem trabalhar despreocupado. Com o Dr todo dia mudava secretário e deu no que deu…


     

Moema anuncia coletiva de imprensa

Blog do Lau

Blog do Lau

Nossa Rainha, Moeam Gramacho, futura Senadora anunciou uma coletiva de imprensa para o dia 27 de julho às 10 horas da manhã no Centro Panamericano de Judô.

Na ocasião nossa Líder maior fará um balanço do seu Governo mostrando seus planejamentos e ações durante esses seis meses de arrumação de casa.

Estarei lá na primeira fila…


     

Obras do metrô avançam em Lauro de Freitas

 

Em inspeção técnica nas obras da Avenida Dois de Julho, que vai sofrer alterações com a chegada do metrô em Lauro de Freitas, o secretário de Trânsito, Transporte e Ordem Publica (SETTOP), Olinto Borri, avaliou de forma positiva o andamento das intervenções, na manhã deste sábado (22/7).

No local, a CCR está finalizando um desvio para dar início à construção do viaduto que vai passar sobre a via. O terreno ao lado da avenida Dois de Julho vai abrigar o estacionamento e a área de manobra dos trens do metrô.

Para Olinto, tudo está sendo feito com muita agilidade e dentro do prazo esperado. “A obra está dentro do cronograma apresentado pela CCR. Teremos um período de modificações no trânsito da cidade, mas no final de tudo vamos ter um benefício maior com a chegada do metrô”.

O secretário lembrou que a expectativa é que em dezembro a Estação Aeroporto já esteja em pleno funcionamento, o que vai beneficiar toda a população do município que precisa de mais eficiência na mobilidade urbana.

Fonte: Ascom PMLF


     

Prefeitura executa obras para alargamento de pista que atende veículos vindos do Miragem e Buraquinho com destino a Vilas

Na manhã deste sábado(22/07),o secretário de Trânsito, Transporte e Ordem Publica (SETTOP), Olinto Borri, acompanhou as obras de intervenção na segunda portaria de Vilas do Atlântico, em frente ao Sartre COC. No local está sendo executado o alargamento da pista com a remoção de parte do passeio para permitir que até três veículos acessem a via. A intervenção vai melhorar o fluxo de veículos vindos do Miragem e Buraquinho com destino a Vilas.
Fonte: Ascom PLMF