Deputado do PPS é tido como ridor em Brumado.

Relator da reforma da Previdência, Arthur Maia é retratado como traidor em Brumado

Foto: Reprodução / Lay Amorim / Brumado Notícias

Por conta apoio à PEC 287, que trata da reforma da previdência, o deputado federal baiano Arthur Maia (PPS-BA) está sendo taxado de traidor em outdoors espalhados no município de Brumado. Em sua foto, há a frase “Contra o trabalhador” e “Lembre-se dele! Traição não se Esquece”. De acordo com o site Brumado Notícias, o outdoor aparece como lembrete antecipado de que no próximo ano ocorrerão novas eleições. Maia teria conquistado quase três mil votos no município no último pleito e foi um dos os deputados federais que mais receberam votos do eleitorado local.


     

Lauro de Freitas busca pré-evento oficial de tecnologia

Em agenda realizada hoje(23) entre o Secretário Vivaldo Mendonça (SECTI-Bahia) e o titular da SEPLAN-Lauro de Freitas, Mauro Cardim, registrou o interesse do município em sediar um “Campus Party Day”, incluindo uma palestra do presidente do Campus Party, Franchesco Farruggia, dentre as atividades, antes da realização da primeira edição do Campus Party na Bahia, confirmado para o período de 9 a 13 de agosto deste ano, na Arena Fonte Nova.

Segundo Mauro Cardim, “a aproximação da gestão Moema Gramacho com as ações integradas nas áreas de ciência, tecnologia e inovação do Estado têm sido fundamentais para a nova etapa de desenvolvimento sustentável do município e esperamos poder maximizar isso com o Campus Party”.
Além da decisão da realização do pré evento oficial em Lauro de Freitas também foi objeto da reunião, a extensão da fibra ótica do Governo do Estado, hoje chegando até o Aeroporto Internacional, para regiões estratégicas do município.


     

Lauro de Freitas aposta no turismo como fator de desenvolvimento

Com 6 quilômetros de praias entre as mais belas da Bahia e um rico patrimônio de manifestações culturais e religiosas, Lauro de Freitas quer se firmar no cenário turístico da Bahia. Neste sábado (20), a Secretaria de Cultura de Lauro de Freitas (Secult) promoveu o Seminário de Planejamento do Turismo para debater com especialista o potencial do município e estratégias. A atividade reuniu representantes de secretarias do município além de atores diretamente envolvidos com a temática.
Para o secretário da pasta, Manoel Carlos dos Santos, “esse é o momentos de organizar o turismo na cidade, que ainda é incipiente. Já organizamos o Conselho, trouxemos os atores que têm interesse na revitalização para participar desse processo. O turismo é um meio econômico importante. Temos que projetar os atrativos da cidade e fazer com que sejam vistos pelos de fora”.
O historiador e diretor de Turismo da Secult, Joílson Lopes, fez uma exposição do atual cenário turismo do município e mostrou uma perspectiva do que deve ser feito para tornar Lauro de Freitas uma cidade mais atrativa. “Precisamos fazer com que as pessoas notem Lauro de Freitas como cidade turística e para isso temos que identificar as demandas necessárias para impulsionar o turismo local”.
Para o consultor em marketing Edilberto Gargur é preciso criar uma identidade para o município. “É preciso traduzir a cidade para saber o que ofertar. A parceria entre governo, comunidade e empresários vai possibilitar a valorização das vantagens turísticas do local”. Gargur apresentou o marketing do território como ferramenta para o desenvolvimento sócio econômico de Lauro de Freitas.
Conhecido como Mestre Gerson, José Francisco Neto, mestre do Polo de Capoeira se mostrou animado com a iniciativa da gestão. “Tem tudo pra dar certo. Temos bons produtos para oferecer aos turistas e o Polo de Capoeira está comprometido a contribuir com esse processo. Temos três mil capoeiristas no município”.
O seminário serviu como base para traçar o caminho que vai impulsionar o turismo no município. A construção do inventário turístico é o ponto inicial do processo passando pela divulgação das festas em municípios vizinhos e a qualificação da mão de obra turística, como guias e taxistas, para garantir um serviço de qualidade.
Lauro de Freitas atualmente apresenta entre seus elementos culturais e atrativos turísticos três praias distribuídas, 426 terreiros de candomblé, comunidade Quilombola e reserva indígena. “Nossa necessidade é uma publicidade do nosso potencial para promover a cidade e, atrelado a isso, a disponibilidade de ferramentas para oferecer ao turista um serviço da melhor qualidade para que ela queira voltar”, finalizou o secretário Manoel Carlos.
Fonte: Ascom PMLF

     

Colégio em Lauro de Freitas cria espaço pedagógico para acolher filhos de estudantes

Uma miniatura de casa, com cantinhos reservados para o preparo do alimento, para a leitura, para as artes e para o descanso. Assim é o Espaço Social Kids do Colégio Social de Portão, em Lauro de Freitas. O ambiente, que começou a funcionar no início desde ano, está preparado especialmente para os filhos das estudantes e netos dos professores e funcionários da unidade escolar.
A diretora do Colégio Social de Portão, Débora Fontes, explica que o espaço foi criado para que as estudantes da unidade que se tornaram mães, ainda na fase escolar, não perdessem a oportunidade de continuar os estudos por não terem com quem deixar os seus filhos pequenos. “Geralmente, são alunas entre 14 e 16 anos que ficaram grávidas precocemente e que não poderiam ser excluídas do processo de desenvolvimento integral proporcionado aos estudantes, por meio da ampliação de tempos, espaços e oportunidades educativas que qualifiquem o processo educacional e melhorem o seu aprendizado”.
No espaço, cerca de dez crianças por turno, na faixa etária entre 2 e 5 anos, são orientadas sob o método Montessori, quem filosofia baseada no princípio da autonomia, da liberdade e do respeito pelo desenvolvimento natural das habilidades físicas, sociais e psicológicas do aluno. Esta concepção foi implantada no espaço por meio de uma parceria com a estudante de Pedagogia e pós-graduanda em Psicopedagogia Josette Tomavin.
Ela, juntamente com a professora Amanda Campos, faz um trabalho voluntário com o objetivo de oferecer às crianças um ambiente seguro e estimulante, onde ali são respeitadas em suas escolhas, para que possam desenvolver a liberdade de expressão, a autoconfiança e o senso crítico. “O Espaço Kids Social é uma casinha onde elas encontram tudo existente em suas casas, só que em tamanho miniatura, a exemplo da pia, colocada na altura delas para puder usá-la quando quiserem, realizando, assim, atividades que vão contribuir para o seu desenvolvimento cognitivo, psicológico, psicomotor”, explica Débora Fontes.
Ela destaca os cantinhos das artes e da leitura e do descanso, onde as crianças são estimuladas ao contato com o teatro, a pintura, os livros de história e as letrinhas do alfabeto. Dentro da metodologia Montessori, de acordo com Tomavin, as crianças são estimuladas a brincar com letras, buscando a sua familiaridade com o alfabeto, dentro da fonética. “Tenho experiências de crianças de três, quatro anos serem alfabetizadas brincando com as letrinhas, o que é uma maneira específica do método”. O Espaço Social Kids fica aberto de segunda a sexta-feira, das 7 às 11h e das 14 às 17h.
Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação do Estado

     

Terça – feira começando.

Resultado de imagem para Ladislau leal pressão alta

Sessão na Câmara de Vereadores com a turma de sempre e caminhada da luta antimanicomial assim começa a manhã desta terça – feira. No Brasil mais prisões de ex – governadores e um vice governador e em Manchester, Inglaterra, Europa, o Estado Islâmico mostrando mais uma vez que não aceita a interferência das grandes potências em seus territórios e aí vale tudo. Ah, mas aí a imprensa do mundo se encarregada de trazer mais detalhes. Vida que segue.


     

URGENTE: Prisão de Aécio

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu novamente nesta segunda-feira (22) ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prisão do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e do deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).
A PGR recorreu da decisão do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, que negou na semana passada, em decisão monocrática, a prisão preventiva (antes da condenação) dos parlamentares.
Com o recurso, o pedido deverá agora ser analisado pelo plenário do STF, formado pelos 11 ministros da Corte.
A assessoria de imprensa de Rodrigo Rocha Loures afirmou que não irá se manifestar sobre o pedido.
O advogado Alberto Toron, que faz a defesa de Aécio Neves, informou que aguarda ser intimada sobre o pedido da PGR “para apresentar suas contrarrazões, oportunidade em que demonstrará a impropriedade”. Tambem afirmou que ingressará no STF com um pedido para revogar o afastamento do senador do mandato “por falta de base legal e constitucional”.
O órgão entende que Aécio e Loures foram pegos em “flagrante por crime inafiançável” na tentativa de obstruir as investigações da Operação Lava Jato, com base nas gravações realizadas pelos donos da JBS, entregues na delação premiada da empresa.
Ao analisar o pedido, Fachin considerou que não havia necessidade da prisão preventiva e que o afastamento do exercício das funções parlamentares já era medida suficiente para evitar eventuais prejuízos à investigação.
Janot, no entanto, argumentou que as gravações e interceptações telefônicas demonstrariam que Aécio e Loures “vem adotando, constante e reiteradamente, estratégias de obstrução de investigações da Operação Lava Jato”.
O procurador-geral acrescentou que só não pediu a prisão de ambos antes, quando recebiam dinheiro da JBS, para poderem coletar mais provas. Janot também mencionou “uso espúrio doo poder político” e “encontros indevidos em lugares inadequados” para justificar o pedido de prisão.
“No tocante às situações expostas neste recurso, a solução não há de ser diversa: a excepcionalidade dos fatos impõe medidas também excepcionais”, diz Janot.
O julgamento em plenário ainda não tem data para ocorrer. Caberá agora ao ministro Edson Fachin pedir a presidente do STF, Cármen Lúcia, para marcar uma data de julgamento. Antes, poderá ouvir as defesas de Aécio e Rocha Loures.


     

Assessor de Temer diz que não sabia que mala tinha dinheiro vivo

Flagrado recebendo R$ 500 mil da JBS, o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) disse a aliados que não sabia que havia dinheiro na hora da entrega da mala por Joesley Batista, mas que desconfiou por conta do peso. Na versão de Rocha Loures, ele só soube que tinha dinheiro quando abriu a mala.Aliados de Temer e advogados têm conversado com o deputado afastado do PMDB desde a divulgação da gravação na semana passada. A expectativa do Palácio do Planalto é de que Loures confirme a versão dada nos bastidores às autoridades no momento que for chamado a depor. Ainda não há confirmação de data para depoimento oficial. Nas conversas com auxiliares de Temer, Loures diz que o presidente da Republica não teve a ver com o recebimento da mala de dinheiro. O peemedebista, que foi assessor especial de Temer na Presidência, contou a interlocutores que estava se aproximando do dono da JBS, Joesley Batista, por interesse comercial – já que ele, além de deputado, é empresário do setor de alimentos.

E disse que, na época, pensou que não fazia sentido a entrega daquela forma, mas que agora ele entendeu por que Joesley “forçou”. Peemedebistas dizem que o dono da JBS estava em busca de assessores de Temer para produzir provas contra o presidente.Enquanto aguardam os desdobramentos, aliados do governo também afirmam temer que Loures queira fazer uma delação premiada pressionado pela família. Motivo: sua esposa está grávida de 8 meses, e ele admite que sua situação na Justiça é ruim.Temer, ao comentar a possibilidade de Loures delatar, ressalta a assessores que se for delatar terá de “inventar” fatos envolvendo o presidente.


     

Emoção marca sessão especial da Câmara sobre Atenção à Pessoa com Lúpus

O Lúpus, seus sintomas, o atendimento aos portadores da doença, as formas de tratamento e como as famílias e a sociedade podem ajudar foram temas da Sessão Especial em atenção à Pessoa com Lúpus, na tarde desta quinta-feira (18), na Câmara Municipal de Lauro de Freitas. As falas foram bastante emocionadas, com depoimentos comoventes. Promovida conjuntamente pelas vereadoras Luciana Tavares (PCdoB), Miriam Martinez (PSD) e Naide Brito (PT), presidenta da Casa, a sessão teve as participações de secretários municipais, dirigentes da entidade Lúpicos Organizados da Bahia (Loba) e portadores da enfermidade.

“Nos sensibilizamos. Acredito que precisamos mesmo desta união de familiares e amigos para seguir junto por melhor qualidade de vida, maior autoestima e campo de trabalho para pessoa com Lúpus”, ressaltou Brito.

Vânia Cruz tem a doença. Ela afirmou que agora consegue ver a luz no fim do túnel. Contou que até o diagnóstico a pessoa sofre muito e o tratamento é difícil. Assim como a Valdinéia Góes. “Esse aqui é realmente o primeiro passo. Precisamos da secretaria de Saúde para nos dar ajuda e tratamento adequado. Quando eu percebi já estava com outras doenças e a luta é grande. Acompanhe nossa luta, por favor”, pediu Góes.

A sessão fez parte da programação do Maio Roxo, mês de atenção às pessoas com lúpus. O Dia Internacional da Conscientização sobre o Lúpus é celebrado em 10 de maio. Doença inflamatória crônica, não contagiosa, causada por alterações no sistema imunológico contra as próprias proteínas ou células, causando problemas em diversas partes do corpo.

     

Visita da Presidente do TJ Bahia

Finalizando a jornada deste sábado tendo o privilégio de receber visitas ilustres, aqui em Vilas do Atlântico: a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, Desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago e Josefina Castro, grande liderança regional e ex-prefeita de Coaraci. Belo e oportuno encontro de inteligências e visão pública.